permuta imobiliária

Valorização Imobiliária: Entenda como é feita

Acompanhar a valorização imobiliária e como ela é calculada é essencial para quem quer investir em imóveis ou lucrar com permuta. Então, se há interesse, você precisa entender os principais pontos antes de colocar imóveis à venda ou disponíveis para permuta.

Por esse assunto ser pouco debatido entre as pessoas, é importante você saber quais fatores influenciam no valor dos imóveis. Além disso, existem diversas causas que podem alterar, positivamente ou negativamente, a valorização imobiliária.

Por que a localização interfere tanto no valor?

Quando falamos em investimentos em imóveis, a localização é o principal ponto para uma possível valorização imobiliária. Então, caso o imóvel esteja em um bairro seguro e tenha por perto farmácias e supermercados ele será mais valorizado. Ao contrário de um imóvel situado em um bairro distante de tudo ou com altos índices de violência. Todos esses pontos são levados em consideração para precificar o imóvel.

Para ser mais claro, a valorização imobiliária segue uma lógica. Portanto, tenha em mente que até mesmo um terreno vazio em um bairro de alto padrão pode valer o triplo de uma boa construção em um bairro menos conhecido ou valorizado.

Seguindo esta lógica, você precisa levar em consideração as informações da Prefeitura sobre o saneamento básico no local, comércios, escolas e hospitais. Então, é preciso também verificar a situação do bairro quanto a criminalidade e notícias regionais para saber tudo sobre a localidade.

valorização-imobiliária-banner-permutando

Quais fatores influenciam a valorização imobiliária?

A valorização imobiliária está atrelada a 3 fatores, custo, qualidade, utilidade daquele determinado imóvel. Portanto, não há uma tabela fixa com valores pré-programados, ela é definida através da avaliação conjunta de inúmeras situações.

No entanto, os pontos mais importantes são a localização do imóvel, infraestrutura e as características físicas do terreno e da construção. Além disso, até o momento do mercado imobiliário pode interferir de forma incisiva no valor do imóvel.

As condições dos imóvel determina também o valor?

Sim, as características físicas do imóvel são um dos fatores cruciais para o cálculo da valorização imobiliária. Este é o ponto mais importante, junto com a localização, para calcular o valor do imóvel.

Nesta parte, é analisado a metragem, se o imóvel precisa de reformas ou foi construído recentemente, número de cômodos, o material usado para construção, entre outras características físicas. Portanto, estas condições podem influenciar, de forma positiva ou negativa, na valorização do imóvel.

 

Portanto, para dicas e informações sobre o mercado imobiliário continue acessando o Central do Corretor ou então acesse o Blog do Permutando!

Quer receber dicas como essa no seu e-mail? Portanto, cadastre-se abaixo e aproveite!

Como ganhar espaço em todos os cômodos?

Os imóveis, principalmente os apartamento, estão sendo construídos com metragens menores e ficando mais compactos. Portanto, isso acaba exigindo uma melhor organização do imóvel para ganhar espaço. Isso sem contar com as adaptações que devem ser feitas para um melhor aproveitamento do ambiente.

Esse tipo de imóvel exige mais da decoração, então, usar móveis menores e maleáveis são as cruciais. Portanto, a escolha de móveis para ganhar espaço acaba modificando e melhorando significativamente a sua rotina diária.

Caso o imóvel seja pequeno, o ideal é aproveitar cada cômodo com imóveis pequenos e práticos. Então, a melhor forma de fazer isso é adquirindo alguns móveis planejados, feito sobe medida para cada cômodo.

O que precisamos fazer para ganhar espaço em nosso lar?

ganhar-espaço-banner-permutando

Os móveis planejados podem ser um pouco caro, mas existem diversas opções para ganhar espaço em todos os ambientes da casa. Encontramos, facilmente, móveis planejados para quartos, cozinhas e até mesmo para salas.  Então, nem sempre é necessário que a casa inteira seja mobilhada com móveis planejados. Mas, caprichar em alguns cômodos que necessitam ganhar espaço ajuda na organização do ambiente.

Um rack de chão, pequeno ou médio, ajuda a ter mais espaço e diminuiu o número de elementos expostos. Desta forma, conseguimos manter o espaço apenas para controles, caixas de som, ou videogame. As TVs mais novas são pensadas para facilitar a vida dos usuários quando anexadas a parede.

Já nos quartos, um guarda-roupas embutido pode deixar a circulação mais fácil no ambiente. Use prateleiras, gavetas, escrivaninha e até mesmo do espelho nas portas para deixar as paredes livres.

Já na cozinha, embutir a geladeira e o fogão é uma ótima maneira de ganhar espaço neste cômodo. E então, com mais espaço no corredor fica melhor para cozinhar sozinho ou em grupo. Além disso, todas as peças que você pode precisar ficarão próximas utilizando as gavetas e os espaços para utensílios. Portanto, o uso de móveis planejados melhora a produção e minimiza o tempo gasto na cozinha.

 

Portanto, para dicas e informações sobre o mercado imobiliário continue acessando o Central do Corretor ou então acesse o Blog do Permutando!

Quer receber dicas como essa no seu e-mail? Então cadastre-se abaixo e aproveite!

Decorar um apartamento: Dicas Importantes

Após realizar o sonho de adquirir o seu “lar doce lar” o próximo passo é se prepara para decorá-lo. Mas, se você está inseguro pois seu imóvel não tem metragens grandiosas e você não tem um grande orçamento. Não se preocupe!  É possível decorar um apartamento e criar um ambiente legal e com sua cara sem gastar muito.

Inclusive, esta ação será mais prazerosa e interessante do que imagina, basta apostar na criatividade e saber “pechinchar” bons móveis. Buscar inspiração e encontrar boas dicas também ajuda. Então, vamos listar alguns dicas para vocês.

 

Quais são os itens importantes ao decorar um apartamento?

decorar-um-apartamento-banner-permutando

Luminárias são excelentes para mudar o ambiente

Esse é um item essencial que deixa o ambiente muito mais charmoso e divertido. Tudo dependendo do tipo de sensação que você quer criar para os cômodos. Uma boa dica é investir em luminárias de chão, porque são mais baratas e ficam lindas em qualquer lugar. Principalmente na sala de estar e de jantar. Não abuse na hora de usar abajur. Um abajur na mesa de canto é uma boa para área reservada para leitura. Grandes luminárias centrais são caras, mas vale o investimento, porque além de agregar valor ao imóvel ela também muda o patamar do cômodo.

 

Economize com tapete ao invés de piso

Então, se você está com pouco dinheiro, não precisa gastar e se endividar com pisos, materiais de construção. Isso sem falar nas diárias de pedreiro e todo transtorno com obra, como demora e limpeza lugar. Ao invés de comprar piso que seja prático e de fácil limpeza, você pode investir em um bom tapete. Existes diversos tipos: grandes ou pequenos, lisos ou estampados e várias opções de materiais e tecidos. Ao escolher o tecido é importante saber se aquele material pode dar alergia a você ou sua família, teste primeiro. Portanto, fica muito fácil dar outra cara para o chão do seu apartamento e sem gastar muito.

 

Não existe decoração sem mexer nas paredes

Existem duas opções baratas e bem simples para decorar um apartamento: tinta ou papel de parede. As paredes trazem personalidade e criam um clima para o ambiente.  Na decoração, o ambiente pode ser pintado completamente com uma nova cor, há diversos exemplos na internet. Ou então apostar em uma única parede pintada com uma cor diferente, de preferência uma cor viva. Mas também existe a opção do papel de parede, com diversas estampas, cores e texturas. Pode ser encontrado em casas de decoração ou até papelarias, em versões bem econômicas. Contar com a ajuda de um arquiteto é essencial, eles sabem exatamente o que fazer e onde você pode comprar com ótimos preços.

 

Portanto, para dicas e informações sobre o mercado imobiliário continue acessando o Central do Corretor ou então acesse o Blog do Permutando!

Quer receber dicas como essa no seu e-mail? Então cadastre-se abaixo e aproveite!

Mudar de imóvel: Dicas Importantes

Mudar de imóvel é uma das principais mudanças na vida de alguém que tenha se planejado e sonhado com isso. E esta nova realidade costuma vir acompanhado do desejo de se sentir em casa e sem maiores problemas. Mudar de imóvel é a chance de construir uma nova vida com sua cara e onde você se sinta bem. Então, esta é a oportunidade de poder realizar o sonho de ter a vida que você sempre desejou. Mas, esse sonho vem cheio expectativas, ansiedade e dúvidas, afinal, é uma escolha que pode durar a vida toda.

Permutar um apartamento exige planejamento, sorte para encontrar alguém que tenha o imóvel desejado e queria trocar pelo o seu. Portanto, para tornar a mudança em um ato tranquilo e rápido, nos do Permutando.com passaremos algumas dicas. Abordaremos não só como mudar de imóvel mas também como explicar todas as etapas e prazos para você se adequar.

Claro que tudo isso pode ser feito em menos de 3 meses, mas se planejar com antecedência pode tornar esse processo econômico e prazeroso.

Começar o planejamento antes da entrega das chaves permite uma mudança mais tranquilidade e até prazerosa. O projeto pode ser idealizado com mais calma, a escolha dos fornecedores pode ser mais organizada e a preparação da obra mais bem feita, evitando riscos, problemas de qualidade e gastos desnecessários.

 

Quais os passos devemos seguir para mudar de imóvel de maneira tranquila?

 mudar-de-imóvel-banner-permutando

Planejamento e calma nas tomadas de decisões

Pode até soar clichê, mas a maioria das pessoas deixam para planejar a mudança em cima última hora. Nada na vida pode funcionar perfeitamente sem que haja um planejamento prévio. Portanto, analisar cada etapa no projeto de mudar de imóvel deve vista com calma. Visitar lojas de moveis que se adequem ao seu novo lar e pesquisar materiais para possíveis reformas. É importante buscar inspirações e opiniões de amigos, parentes e pessoas que tenham experiência em mudar.

 

Portanto, você precisa ter a certeza que estará completamente satisfeito com a sua casa e tudo que estará dentro dela. É extremamente importante que você tenha tempo para revisar o planejamento quantas vezes precisar, para ter tranquilidade.

 

Um bom planejamento envolve diversas escolhas e renúncias que, se forem erradas, podem estragar sua relação com seu novo lar.

 

Evite gastos sendo ágil

Quando finalmente conseguimos pegar as chaves do novo imóvel, a vontade de se mudar aumenta, mas é preciso ter calma. Portanto, a ansiedade pode sua inimiga durante todo o planejamento, até mesmo na parte final. Demorar para iniciar ou finalizar a obra pode ser muito doloroso para o bolso como para sua saúde mental. A cobrança dos custos de moradia, como luz ou aluguel do antigo apartamento e as do novo condomínio deverão ser pagas igualmente. Então, quanto mais rápido você acabar as obras de reformas ou de adequações será melhor para o seu bolso.

Ao finalizar o projeto com antecedência, mudar de imóvel pode ser menos doloroso a mente e ao bolso. Quanto melhor for o planejamento, mais rápido serão os reparos e você evitará custos altos e desnecessários.

 

Portanto, para dicas e informações sobre o mercado imobiliário continue acessando o Central do Corretor ou acesse o Blog do Permutando!

Quer receber dicas como essa no seu e-mail? Então cadastre-se abaixo e aproveite!

Imposto de renda: Dicas importantes

O IRPF (Declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física) é um imposto de nível federal. Este imposto recai sobre quem tenha ganho acima do teto salarial determinado pela Receita Federal. A pessoa física precisa informar anualmente todos os ganhos do ano anterior para apuração e possível restituição. Por exemplo, em 2018 você precisará enviar a relação de todos os ganhos obtidos em 2017. Então, quando você realiza a venda de um imóvel, você precisará pagar imposto em cima do lucro ganho. E é aí que a permuta imobiliária entra e evita gastos maiores com o imposto de renda.

A permuta de imóveis é, basicamente, uma forma de negócio onde duas partes trocam bens, podendo haver torna ou não. Então, trata-se de uma modalidade interessante de aquisição, principalmente no cenário atual, onde o mercado imobiliário está congelado. Esta negociação permite a troca de imóvel sem ter que passar pelo processo e gastos de compra e venda. Uma das grandes vantagens da permuta de imóveis, se comparada à compra e venda, é a isenção de cobrança de imposto de renda. Mas isso não significa que todo tipo de permuta terá isenção de imposto de renda.

imposto-de-renda-banner-permutando

Então, a permuta só é isenta de tributação quando não envolve a torna. A torna é a diferença, dada em dinheiro, carta de crédito ou bens, entre os dois imóveis alvos da permuta. Portanto, no mercado imobiliário, a torna é o valor monetário que se dá para igualar o valor do imóvel.

Ainda assim, é possível que certas transações com torna também sejam isentas de imposto de renda. Isso ocorrer nos casos em que a soma do valor declarado do imóvel somado ao valor da torna não ultrapassem o valor de R$ 440.000,00.

Isenção de imposto de renda gera economia

A permuta imobiliária vem sendo uma opção mais econômica e viável do que a compra e venda na atual conjuntura. Isso porque, em uma negociação comum, a parte interessada não só precisa custear todo o valor de um imóvel. Ela também deve arcar com os impostos desse tipo de transação, o que acaba dificultando o andamento da negociação.

A crise que assola o nosso país ocasiona a falta de recursos dos consumidores para investir em um novo imóvel. Há também situações onde famílias precisam fazer uma mudança, mas não querem se descapitalizar para isso. Nos dois exemplos, escolher a permuta pode ser a saída para não ter que recorrer a empréstimos bancários e financiamentos intermináveis. Isso sem contar da alta taxa de imposto de renda em caso de não escolher a permuta.

 

Portanto, para dicas e informações sobre o mercado imobiliário continue acessando o Central do Corretor ou acesse o Blog do Permutando!

Quer receber dicas como essa no seu e-mail? Então cadastre-se abaixo e aproveite!